domingo, 19 de outubro de 2014

PRECONCEITO, DISCRIMINAÇÃO, EDUCAÇÃO E DEUS

racasErnani Kufeld*

A moda do momento é a luta contra o preconceito e a discriminação. Nada mais justo; afinal é inconcebível que em pleno século 21, num país democrático e de livre expressão ainda haja espaço para este tipo comportamento e atitude descabida.

Preconceito, palavra composta por pré+conceito refere-se a “conceito ou opinião formados antes de ter os conhecimentos adequados”. Dessa falta de conhecimento ou conhecimento equivocado derivam a discriminação, o racismo, a opressão e coisas do gênero; nada louváveis nem diante de Deus, nem dos homens. O problema, contudo, está no fato que em nome de uma luta justa contra o preconceito, querem jogar fora a água suja da banheira junto com a criança. Sim se esquecem que é impossível viver sem conceitos pré-estabelecidos e querem jogar na lata de lixo tanto os conceitos inadequados quanto aqueles que são fundamentais para sociedade e o bem estar dos indivíduos. E nessa onda já se jogou Deus, a igreja, a família e agora a língua portuguesa ralo abaixo.

De acordo com um livro didático (cujo titulo ironicamente é “por uma vida melhor”) aprovado e distribuído pelo MEC, é preconceito e discriminação ensinar falar e escrever corretamente. Aqui entre nós, vivemos um tempo onde quanto mais idiomas o sujeito dominar com fluência e destreza, maiores serão suas chances de ter uma vida melhor. Preconceito e discriminação neste caso seria o fato de tolher em nossas crianças o direito de ao menos tentar progredir no conhecimento de seu próprio idioma, negando-lhes o direito de serem ensinadas e corrigidas adequadamente.

Já avisava muito antes no Livro Sagrado, aquele que confundiu as línguas em Babel, mas lhes deu uma lógica certa ao criar a cada uma, que “feliz o homem que acha sabedoria e adquire conhecimento” (Provérbios 3.13) e alertava para um fato trágico: “o meu povo está sendo destruído porque lhe falta conhecimento” (Oséias 4.6). Faltavam os conceitos corretos que foram deixados de lado em nome de uma falsa liberdade e vida melhor!

Ditas por Jesus e emprestadas como slogan por Martinho Lutero na Reforma Protestante, ainda são bem atuais as Palavras registradas pelo evangelista João: “e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8.32). Surge daí o afinco de Lutero na luta para que o povo tivesse acesso ao conhecimento da Palavra de Deus e ao conhecimento secular. Na luta pela primeira traduz o Novo testamento para o alemão. Na luta pela segunda estabelece o objetivo de ter ao lado de cada igreja uma escola que ofereça ensino de qualidade, para que as crianças tenham oportunidades adequadas na vida. Lutero sabia que o ensino de qualidade e o conhecimento da Palavra de Deus são os métodos mais eficazes contra o preconceito, a discriminação e a opressão.

Talvez seja hora de resgatar da lata que outrora os jogamos, velhos conceitos valiosos dados por Deus: “Ensina a criança no caminho em que deve andar e, ainda quando for velho, não se desviará dele.” (Provérbios 22.6). Porque a verdade liberta. O conhecimento faz crescer. E o amor não descrimina. A prova está no amor de Deus, que AMOU AO MUNDO enviando seu único filho: o caminho – a verdade – a vida!

*É pastor da Igreja Luterana em Sergipe. www.ielbsergipe.blogspot.com

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Quanto mais me conheço e conheço as pessoas, mais acredito no amor e no perdão de Deus.

mensagens-sobre-o-amor-de-deus-3Quanto mais me conheço e conheço as pessoas, mais acredito no amor e no perdão de Deus.

Razões:

* Só pode ser por um amor incondicional que um Deus se importaria com pessoas tão cruéis.

* Amar de maneira apaixonada o mundo todo só pode ser um ato divino.

* Amar pessoas prepotentes, egoístas, mesquinhas, cruéis e mentirosas só Deus pode explicar.

* Investir em pessoas que nada são, nada fazem e nada produzem de bom é loucura.

* Ouvir atentamente pessoas “arrotando” suas realizações e sua “santidade” vendo a podridão da sua personalidade é humildade que não cabe em nenhum modelo de vida humano.

* Continuar de braços abertos esperando para cuidar de pessoas que se aproximam apenas para agredir, maltratar e difamar é sofrer de alguma demência.

* Não desistir de preparar a mesa para a ceia semanal, mesmo sabendo que a grande maioria dos filhos nem mesmo vai aparecer é sofrer de uma certa psicose.

* O Bom Pastor Jesus é louco mesmo, é louco de amor por todos nós. Quem sabe por ser louco, ele entende e perdoa nossa loucura de querer viver longe dele tantas e tantas vezes. Mas mesmo que nossa razão não entenda o tamanho do amor e do perdão de Deus, não usemos nossa limitação racional para julgar os planos de Deus, pois pela graça de Deus somos salvos por meio da fé. Isso não vem de nós, mas é um presente dado por Deus. (Efésios 2.8).

Carlos Kracke – Pastor da Congregação E. Luterana “Bom Pastor” de Blumenau.

2014 - CPT 17 - Graça

Capturar

Vale a pena ser honesto?

129_3149-honestoVale a pena ser honesto? A dúvida tem dois mil e quinhentos anos, do tempo do profeta Malaquias: “A gente vê que tudo dá certo para os maus; quando põem Deus à prova, eles não são castigados” (3.15).  Mas será que é assim mesmo? Conhecemos o ditado: “a justiça tarda mas não falha”. E isto fica evidente na experiência do profeta: “E mais uma vez o meu povo verá a diferença entre o que acontece com as pessoas boas e com as más” (3.18).  A parábola do empregado (Lucas 12.41-48) que faz as coisas certas só quando o patrão está na frente dele traz um recado de Jesus para os que nem estão aí com a ética, honestidade, fidelidade, justiça: o patrão voltará no dia em que o empregado infiel menos espera. Dias atrás li o artigo “Enganar as pessoas no trabalho pode arruinar uma carreira”, de um diretor de empresa. Ele baseia-se na famosa frase “pode-se enganar a todos por algum tempo, pode-se enganar alguns por todo o tempo, mas não se pode enganar a todos durante todo o tempo”. Entre várias situações de desonestidade e corrupção, cita o caso de empresas que manipulam seu balanço financeiro e lembra o que aconteceu com Eike Batista. “Se você quer crescer profissionalmente de forma duradoura, não engane ninguém”, conclui o autor. O recado é oportuno especialmente aos nossos políticos, os eleitos e os que serão eleitos.

Agora, não podemos esquecer que quando a Bíblia fala em "pessoa boa e pessoa má", ela é categórica: “Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus. Mas, pela sua graça e sem exigir nada, Deus aceita todos por meio de Cristo Jesus, que os salva” (Romanos 3.23,24). No entendimento bíblico, só é espiritualmente bom e justo aquele que está unido pela fé com a única pessoa que foi honesta e perfeita na face na Terra, o Deus-Homem. É nesta e por esta nova vida que a Bíblia conclama: "Sejam filhos de Deus, vivendo sem nenhuma culpa no meio de pessoas más que não querem saber de Deus" (Filipenses 2.15).

Marcos Schmidt - pastor luterano

Igreja Evangélica Luterana do Brasil

Comunidade São Paulo, Novo Hamburgo, RS

18 de outubro de 2014

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Para onde nos levará a nossa inteligência?

03-Porque-a-fe-prejudica-o-individuo      “Confie no Senhor de todo o coração e não se apoie na sua própria inteligência.” Provérbios 3.5.

       Nós não somos movidos pelo instinto, mas pela inteligência que nos capacita a raciocinar. Isto significa que, normalmente, pensamos antes de falar ou tomar uma atitude. Deus, nosso Criador, através do sábio rei Salomão aconselha a não nos apoiarmos em nossa própria inteligência.

       Para onde nos levará a nossa inteligência? Infelizmente, num primeiro momento, para longe de Deus e de sua vontade. Por causa da nossa natureza pecaminosa as nossas intenções e decisões são opostas ao que Deus deseja. Por isso, quando nos deixamos levar pela nossa sabedoria, fatalmente teremos ações que nos afastarão de Deus.

       A partir disso, não é difícil compreender que a reação das pessoas frente aos ensinamentos bíblicos seja de repulsão. Quanto mais pessoas construírem sua vida sobre a própria sabedoria, ou a sabedoria de outros que difere da vontade de Deus, mais desvios de condutas acontecerão. O errado está ficando certo e o certo está ficando errado. O resultado final disso não é bom.

       Por outro lado, confiar no Senhor, é construir a vida sobre a vontade de Deus revelada nas Escrituras Sagradas. O maior desejo de nosso Deus em favor da humanidade é que Jesus seja aceito como Salvador dos pecados. A restauração integral do ser humano passa pelo sacrifício de Cristo, na cruz. Com a ação de Deus em nossa vida seremos capazes de buscar a sabedoria que vem dele e encontrar o caminho certo. O caminho da verdadeira e eterna vida, definitivamente, não será encontrado em nossa própria inteligência.

       “Não fique pensando que você é sábio; tema o Senhor e não faça nada que seja errado. Pois isso será como um bom remédio para curar as suas feridas e aliviar os seus sofrimentos.” Provérbios 3.7-8. Que Deus nos dê sabedoria e fé para nos apoiarmos na sua inteligência, confiando nele de todo o coração.

Pastor Fernando Emílio Graffunder

terça-feira, 14 de outubro de 2014

FICA A DICA: RED BULL NÃO TE DÁ ASAS!

c3bec6eb080172cf4c1ae2b640000bc9Provavelmente você já tenha visto alguns dos vários comerciais do famoso energético Red Bull. Lembra? Aqueles desenhos onde um personagem passava por algum problema ou estava desanimado. Mas, depois de tomar um Red Bull, ele superava os desafios e aí logo vinha o slogan: “Red Bull te dá asas”!  

E não é que, nos EUA, um grupo de homens vai ganhar em torno de US$ 13 Milhões da Red Bull numa ação judicial? Eles acionaram a justiça porque, após tomar o energético por mais de dez anos, não tiveram aumento de velocidade nem maior poder de ação e, claro, não ganharam asas, não voaram! O tiro saiu pela culatra. O slogan, a frase de impacto do produto, acabou sendo um tiro no próprio pé.

Enquanto existem vários slogans duvidosos, com promessas de dar até mesmo asas, há um slogan que inspira confiança. É promessa que não causa apenas impacto, mas transformação: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra viverá” (João 11.25).  Que grande slogan da fé cristã! E é de impacto: a morte está morta! Jesus é Deus vencedor sobre a morte! Ele ressuscitou! Ele é a vida! Quem crer neste Deus Ressuscitado, viverá mesmo depois da morte! Este é o slogan da fé cristã, salvação pela fé em Jesus ressuscitado – e inspira total confiança.

Então fica a dica: tomar Red Bull não vai lhe dar asas! Mas ouvir e crer no slogan da fé cristã vai sim lhe dar vida após a morte. Não é promessa furada. Não é slogan com margem para fracasso. Está ao seu alcance: vá num culto cristão e creia no Jesus ressuscitado! “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra viverá” (João 11.25).  Este é o slogan da minha fé. Sua fé também tem este slogan?

Pastor Bruno A. Krüger Serves

Congregação Evangélica Luterana Cristo, Candelária-RS

Fica a Dica, Folha de Candelária

Mais Acessadas...

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...